terça-feira, 18 de julho de 2017

Dicas para uma alimentação mais saudável

Oi amoreees! Esse texto eu escrevi para o blog da Feminina Box e em breve vocês vão conferir lá também. Enquanto isso, aproveito para adiantar várias dicas por aqui...
A busca pela melhora nos hábitos de vida é uma realidade na sociedade atual. A alimentação equilibrada e a prática de exercícios físicos são dois fatores que previnem e tratam diversas doenças e estão associados à inúmeros benefícios à qualidade de vida.

Em termos alimentares, vamos listar 10 dicas básicas para você manter uma relação mais saudável com a sua alimentação. Confere aí...

1. Aumente o consumo de água: parece clichê, mas a água é fundamental para o bom funcionamento do corpo, atuando na redução das gorduras corporais, distribuição de nutrientes, funcionamento do intestino, saúde das células, aparência de pele, unhas e cabelo. Tenha sempre uma garrafinha com você e tome pequenos goles ao longo de todo o dia.
2. Reduza o consumo de sal: no ato de cozinhar e temperar os alimentos, evite caldos e temperos industrializados, assim como o acréscimo excessivo de sal. Prefira utilizar temperos naturais, como o alho, cebola, salsa, orégano, outros. Evite também o excesso de conservas, embutidos e alimentos processados.
3. Reduza o consumo de açúcar: tanto na adição às bebidas ou receitas, como o embutido nos alimentos. Troque o açúcar branco refinado por açúcar demerara, mascavo ou orgânico, assim como o mel e o melado, também sem excessos.
4. Reduza o consumo de gordura: você deve fazer isso evitando as frituras, gordura visível de carnes, pele de aves, alimentos industrializados e fast food. Prefira consumir gorduras boas, como o azeite extra virgem, coco, abacate, castanhas e frutos do mar.
5. Diminua o consumo de alimentos industrializados e processados: como é o caso dos pratos prontos congelados, salgadinhos, biscoitos recheados, macarrão instantâneo, sucos em pó e outros. Para aumentar seu tempo de prateleira, os mesmos possuem muitos conservantes, corantes e aromatizantes artificiais que são prejudiciais à saúde.
6. Substitua alimentos refinados por integrais: não vire refém do pão francês com tantas opções disponíveis para suas refeições. Inclua alimentos como a aveia, grãos integrais, massas integrais, panquecas saudáveis, tubérculos como a batata doce, mandioca e outros. Estes alimentos garantem fibras e nutrientes diferentes para o corpo.
7. Não esqueça das frutas, verduras e legumes e varie sempre sua alimentação: comer sempre a mesma coisa deixa o seu metabolismo preguiçoso, sem estímulo e sem variação de nutrientes. Experimentar e incluir novos alimentos sempre que possível garante mais saúde e um melhor funcionamento de todo o corpo. E não esqueça da importância das frutas, verduras e legumes no fornecimento de fibras, água, vitaminas e minerais que regulam todas as funções corporais, previnem e tratam muitas doenças.
8. Coma devagar e mastigue mais vezes: um ato simples que precisa ser treinado no dia-a-dia e traz vários benefícios ao corpo, já que facilita a digestão e absorção dos nutrientes, estimula a sensação de saciedade e valoriza os sabores e aromas dos alimentos.
9. Planeje as compras e o preparo dos alimentos: evite ir ao supermercado com fome e tenha sempre consigo uma lista de itens formulada a partir do seu planejamento semanal das refeições. Isso é fundamental para a economia, evitar desperdícios e priorizar os alimentos saudáveis. Evite comprar guloseimas todas as vezes que for ao mercado, pois isso estimula o seu consumo excessivo. Você também pode criar uma rotina de preparo dos alimentos para deixar receitas pré-prontas, facilitando o preparo na semana.
10. Diferencie a fome da gula: você sabe a média de alimentos que necessita para se sentir saciado, ou seja, a fome real para fornecer energia e nutrientes para o corpo. O fato de “comer com os olhos” geralmente está ocultando alguma falta, um estresse ou uma ansiedade. Reconheça as dificuldades que encontra no seu dia-a-dia e aprenda a trabalhá-las buscando atividades que te façam sair da rotina, como passeios, ler um livro, ver um filme, telefonar, brincar com o filho, com o cachorro ou praticar esportes.
         
E para finalizar, evite restrições alimentares drásticas e entram na onda das dietas da moda. As restrições extremas acabam gerando compulsões e ansiedades desnecessárias que comprometem tanto a saúde quanto o psicológico de seus usuários. O ideal mesmo é reeducar seus hábitos gradativamente para que uma alimentação saudável passe a ser parte da sua rotina e não uma obrigação temporária que te faz sofrer.
Para equilibrar sua alimentação e passar a praticar exercícios físicos, busque acompanhamento de profissionais como os médicos, nutricionistas e educadores físicos. Estes profissionais estão capacitados para individualizar as suas necessidades e possibilidades visando qualidade de vida e promoção de saúde.

Amanda Schuler
Nutricionista | Cosmetóloga e Esteticista

CRN10 5684

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário com elogios, críticas, dúvidas e sugestões!
Sua opinião é muito importante para o Rendas e Paetês! :)
Agradecemos sua visita e volte sempre!

Inauguração - Thiago Modas em Videira

No último sábado aconteceu a inauguração da loja Thiago Modas no Videira Shopping aqui em Videira. A loja já é super conhecida em Caçador...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...