terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Árvores e guirlandas

Vou confessar que pra mim só existe Natal quando começas a surgir as guirlandas nas portas das casas (hehehe). Elas, assim como as árvores, são itens de decoração necessários nessa época do ano. 
As guirlandas já enfeitavam as portas dos lares muito antes do cristianismo, datadas da Grécia antiga, consideradas como um objeto de boas vindas para atrair os deuses. Em Roma, anos mais tarde, os ramos de plantas formando uma coroa davam a ideia de saúde. Na Idade Média, a relação desse enfeite com o Natal ainda não era tão forte e permanecia das portas das casas durante todo o ano carregando o brasão das famílias. Nessa época, as guirlandas também contavam como uma proteção contra bruxas, demônios e má sorte.
 Foi no decorrer da história que todo esse sentido de proteção, prosperidade e boas energias passou a ser relacionado com o Natal e hoje estes arcos são adornos decorativos fundamentais para as festas de fim de ano.  
árvores de Natal têm sua origem há muito tempo atrás, sendo relacionadas à fertilidade da natureza, sendo usada por diversas religiões e dedicadas às suas divindades. No século XIX este hábito se espalhou pelo mundo e ganhou formas e contextos diferenciados para cada população. 
Ambos os itens são amplamente comercializados no final do ano, mas vamos combinar que uma guirlanda feita em casa, assim como uma árvore decorada pelos integrantes da família passa a ter ainda mais significados, né? 
Como essa época é maravilhosa, né gente?
Eu moraria no Natal sem problemas, hehehe.
Beijocas

Um comentário:

  1. Realmente, Amanda, esta época natalina é mesmo contagiante, são tantas coisas lindas e tradicionais, como a árvore montada em família, juntamente com a guirlanda, muito bom.
    Beijo.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário com elogios, críticas, dúvidas e sugestões!
Sua opinião é muito importante para o Rendas e Paetês! :)
Agradecemos sua visita e volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...