quinta-feira, 30 de julho de 2015

Especial 80's: Roupas


Finalmente vamos falar de moda! E nada foi tão característico dos anos 80 como o modo de vestir. As principais inspirações foram ditadas por atrizes e cantoras que fizeram sucesso na década, revelando um mix de peças ousadas e coloridas, com a elegância de tecidos bem estruturados.


A partir de 1980, as mulheres passaram a integrar o mercado de trabalho, inclusive disputando cargos de chefia. Por esse motivo, o modo de vestir tinha seu lado elegante (para a época...), com ombreiras, calças e saias de cintura alta, cintos, tailleurs, mangas bufantes e pregas. Os cintos foram muito usados para marcar a cintura, independente do look. Aqui cabe citar o estilo dos "yuppies", exemplificado pelos excessos no vestuário para o trabalho.

Ao contrário da sofisticação, havia também a diversão. Essa ousadia toda foi demonstrada através dos looks fitness, mas que não ficavam restritos às academias. Assim nasceu o amor pela calça legging, normalmente combinada por polainas, collants, tênis, e porque não, saltos altos?
Em meados dos anos 80, o colorido ficou ainda mais vibrante, em tons de neon e o mix de estampas, proposto em tecidos elásticos e cintilantes.


Além da legging, outro modelo de calça que fez história foi a baggy e a semi-baggy, normalmente de cós alto, soltas no quadril e levemente ajustadas no comprimento. A falta de pudor foi demonstrada nas campanhas, capas de revista e até na apresentação de programas infantis, quando os decotes e recortes cavados eram usados sem restrição. Por falar nisso, o top cropped acabou nascendo aí, tal como as hot pants (Xuxa feelings...).


O jeans também teve seu espaço, tanto nas calças como nas jaquetas, mas sua popularização foi maior na década seguinte. Não podemos deixar de citar peças relevantes no guarda-roupa feminino oitentista, como as meias-calças coloridas e arrastão, o modelo 7/8, as sandálias de plástico (chamadas de melissas, mesmo não sendo da marca), as camisetas de bandas, os macacões, as sobreposições e as mangas-morcego. Pra não errar o look datado, o foco é o volume.


Não deixem de curtir a página do Bar El Compadre e confirmar sua presença no evento Back to the 80's. Beijocas

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Rosa pálido é tendência

Vamos dar um tempo no nude puxado para o marrom.
O batom da vez é o rosa pálido, que confere um ar de saúde e beleza.

Não é que o nude-super-cor-de-boca tenha saído de moda, mas parece que as fashionistas querem um ar mais alegre na face, e nós concordamos. O batom cor-de-rosa ganhou várias adeptas recentemente, em todas as suas tonalidades, mas é do rosa pálido - bem simples e natural, que elas gostam mais.


E nessa nuance de rosa não há a necessidade de lábios opacos, já aderindo a volta do lipgloss. Batons cremosos auxiliam no tratamento dos lábios com rachaduras (comuns no inverno) e também as disfarçam. Esse brilho sutil, tanto dos batom cremoso quanto do gloss, tem tudo a ver com uma aparência natural e saudável.

Esse tom de rosa ainda não teve um nome famoso divulgado dentre as nossas marcas preferidas de maquiagem, mas posso garantir que aquela bisbilhotada na loja de cosméticos vai render bons frutos por preços beeem acessíveis.


Mas atenção, NADA daquele rosa chiclete beeem claro que foi tendência nos últimos anos, viu? O rosa pálido é mais elegante, transmite seriedade na aparência, não dá a impressão de dentes amarelados e combina com todas as ocasiões.


Gostaram da ideia? Eu adorei :D
Beijocas de batom rosa pálido :*

terça-feira, 28 de julho de 2015

Especial 80's: Acessórios


Continuando a nossa sequência do Especial Anos 80, hoje vamos relembrar os acessórios que fizeram sucesso nessa década tão marcante para o mundo fashion.


Uma das maiores musas inspiradoras, responsável pelas principais tendências da época, é nada menos que Madonna. Ao seu lado, outros ícones como Michael Jackson e a própria Xuxa também tiveram a sua cota de modinhas lançadas, e que continuam como referência até hoje.

Pra tornar esse papo mais palpável, lembramos que o pulseirismo, o mix de colares, as bandanas e Ray Ban vintage - modelo wayfarer, são algumas das tendências atuais que tiveram origem lá nos anos 80.

E além da caixinha de bijuterias lotada (normalmente de peças de acrílico e plástico coloridos), os acessórios de cabelo receberam muito destaque. Com a moda baseada no mundo fitness, os amarradores de cabelo super pomposos, assim como as faixas e os laços, foram indispensáveis no look. As luvas sem dedos, item também difundido por Madonna, foram usadas em diversos estilos, como o pop e até o gótico.

Outras peças que merecem a nossa lembrança são as meias-arrastão, normalmente combinadas com polainas coloridas ou meias curtas estampadas. E apesar do sucesso do tênis, o salto alto também era combinado - estranhamente - com as roupas de ginástica. Essa liberdade toda resultava em uma mistura bem eclética de peças despojadas e extravagantes no mesmo look. Ah.. E meia com sandália nunca foi pecado nenhum, ok?


Por fim temos as maquiagens que, obviamente, não poderiam fugir na vibe multicolorida, marca registrada da década. As sombras coloridas e cintilantes eram combinadas aleatoriamente, e o visual completo com batons vibrantes, de preferência do tipo 24h (ou aquele da embalagem do moranguinho). As sobrancelhas eram bem bagunçadas e naturais, normalmente sem retoques. Os esmaltes não ofereciam uma gama tão grande de cores como conhecemos hoje, mas os poucos tons audaciosos foram amplamente utilizados, ainda mais pelas celebridades. O cor-de-rosa foi a escolha principal.

Por fim, muitos materiais emborrachados e de vinil, tudo com aspecto muito brilhante. A personalização ficou por conta dos famosos relógios "Champion" com pulseiras coloridas que podiam ser trocadas e um modelo mais simples do famoso All Star deu origem ao amor pelo tênis mais conhecido no mundo.


Ahhh, a ousadia. Gostaram da viagem no tempo de hoje?
Não deixem de curtir a página do Bar El Compadre e confirmar sua presença no evento Back to the 80's.
Beijocas

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Meia estação: peças-chave

Não sei como anda o clima na cidade de vocês, mas aqui no meio oeste catarinense, o inverno não deu as caras com toda a intensidade com que estamos acostumados. Então estamos lidando com aquele clima ameno, típico da meia-estação. E vamos combinar que não é nada fácil escolher o look nesses dias, não é?


Elencamos quatro peças capazes de espantar o friozinho e ainda manter o look lindo...

CAMISA JEANS
Pode sair de manga curta, desde que leve uma camisa consigo. O jeans é universal, combina com tudo e ainda dá aquela atualizada no visu. Então, pra espantar uma possível variação na temperatura, nada melhor do que uma camisa que pode ser usada tanto abotoada quanto aberta, e até com um nózinho na ponta. Em looks mais urbanos você pode até amarrá-la na cintura caso não precise vestir. 

LENÇOS E PASHMINAS
Aqui cabe falar mais das pashminas, normalmente confeccionadas em tecidos mais grossos e que tem o poder de aquecer um pouco mais que os lenços. Elas são fáceis de carregar na bolsa ou ocupam pouco lugar no carro. São excelentes para enfrentar aquela reunião ou restaurante com ar condicionado frio bombando. Além do charme e da funcionalidade, estão super em alta e eu nem preciso falar do aspecto "elegância", né?

MEIAS-CALÇAS
Apesar de exigir um pouquinho mais de cuidado na hora de montar o look, as meias são as peças mais indicadas para a meia-estação, já que não aquecem nem demais nem de menos. Cuidado apenas com as tonalidades e espessuras para diferentes ocasiões. As meias em tom claro, com cintilância ou fumê devem ser usadas em ocasiões mais requintadas, enquanto as opacas, espessas ou transparentes podem ser usadas durante o dia.

COLETES
Os coletes, principalmente de couro e pele (fake, please), além de tendenciosos e bonitos, auxiliam muuuuito em dias mais frios. As peles deixaram de ser exclusividade da noite e se encaixam muito bem no visual mais urbano. Escolha o modelo que mais combina com você e voilà!

Beijocas. :*

domingo, 26 de julho de 2015

Especial 80's: Costumes e comportamentos


Mais um post do nosso especial sobre os anos 80.
Hoje vamos falar sobre os hábitos e os costumes de quem viveu nessa época de tanta liberdade. Sinto não ter nascido na década de 80 (uma das mais brilhantes, literalmente), e como filha dos anos 90, reuni relatos de familiares com uma ampla busca na internet. Peço que me corrijam no que eu estiver errada e contribuam com suas experiências, ok?


Na televisão, Chacrinha dominava os programas de auditório com suas dançarinas super ousadas, troféu abacaxi e muitas buzinadas. Ao mesmo tempo, ascendia o sucesso de Silvio Santos e do Faustão, apresentando Perdidos na Noite. Chico Anysio estrelava diversos personagens e novas apresentadoras ganharam espaço, já no fim da década: Angélica e Xuxa.

As novelas tinham espaço garantido na sala de estar de diversas famílias (nessa época já havia um maior acesso os televisores), contando com histórias muito conhecidas, como Tieta, O Sexo dos Anjos, Mandala, Vale Tudo, Bambole, Brega e Chique, Roque Santeiro, Cambalacho, Que Rei Sou Eu, A Gata Comeu e Baila Comigo. Além das novelas, os seriados também merecem destaque, representados por As Panteras e MacGyver, tal como os desenhos, como ThunderCats, Flintstons, Jetsons e He Man.

Enquanto isso no cinema, as sagas se tornaram viciantes, como no caso de Guerra nas Estrelas, Indiana Jones e De Volta para o Futuro. Outros títulos de renome são Os Goonies, E.T. O Extraterreste, Atração Fatal, Flashdance, Rambo, Poltergesit e Chucky.


Na música, todas as influências do pop rock das décadas anteriores continuaram em alta, despontando ainda bandas como Legião Urbana, Blitz, Titãs, Kid Abelha, Ira!, Barão Vermelho e Paralamas do Sucesso. Outros nomes foram Ritchie, Cazuza, Tim Maia e Lulu Santos. No cenário internacional, Thriller de Michael Jackson (um dos pioneiros do video clipe), Madonna, Cindy Lauper, Guns n' Roses e outros clássicos do rock'n roll e heavy metal.


Dentre os passatempos preferidos da época, não há como não citar o cubo mágico, o Genius e o Atari, com jogos como o Pac Man. Mas as brincadeiras na rua ainda eram as preferidas, com bolas de gude, carrinhos de rolimã e campeonatos de iô-iô. A Suzi era a boneca mais famosa no Brasil até a chegada na Barbie, justamente nos anos 80. Os bonecos também tinham fama, como o Falcon.


Na área tecnológica, desenvolviam-se os primeiros computadores e aprimoravam-se os meios de comunicação. O principal interesse dos jovens da época era enriquecer através do trabalho - os "yuppies", viciados em trabalho e com estilo bem específico. O vírus da AIDS começou a se difundir pelo mundo atingindo vários ídolos da música e arruinando carreiras. O conhecimento da doença desenvolveu as formas de prevenção. Além disso, o movimento das Diretas Já foi um marco na democracia do país, envolvendo milhares de jovens e inspirando as mobilizações sociais até hoje.


Não deixem de curtir a página do Bar El Compadre e confirmar sua presença no evento Back to the 80's. Beijocas :*

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Especial 80's: Cabelos


Durante a última semana nós anunciamos na fanpage do blog mais uma parceria entre o bar El Compadre e o Rendas e Paetês. Dessa vez a festa é anos 80, e nesse especial vamos mostrar a moda a cultura dessa década tão marcante na história.

Hoje nosso papo é sobre os cortes de cabelo que fizeram sucesso nos anos 80 e vivem sendo lembrados, como inspiração ou como "bregas" mesmo.

O famoso pigmaleão.
O pigmaleão marcou a época pelos nomes famosos que encararam a juba. Essa "liberdade" dada aos fios combinava com a audácia da época, repicando e desfiando a franja e a parte superior das madeixas. Quem já teve esse corte diz que o cabelo fica espantado para todo o sempre, hehe.

O conhecido, e ridicularizado, mullet. 
O mullet, que inspirou cortes atuais e até mesmo um modelo de saia, era criado com repicando a franja e a parte superior, deixando uma espécie de "rabo" no comprimento. Ficou ainda mais famoso aqui no Brasil depois de Chitãozinho e Xororó e Zezé di Camargo adotarem o estilo.

Sidecut da Cindy Lauper
O sidecut foi resgatado recentemente, em que se raspa uma ou as duas laterais do cabelo. Teve Cindy Lauper (aquela do girls just wanna have fun...) como sua maior representante, aliado ainda às cores chamativas e estilo extravagante.

As Panteras, no nome de Farrah Fawcett.
Por fim, As Panteras inspiraram muito mais do que os cabelos, mas o nome de Farrah Fawcett ficou marcado na mente de muitos cabeleireiros pela quantidade de mulheres que queriam ter o mesmo estilo da loira, sex symbol da época. 

Além dos citados, as crianças também eram alvo dos cortes estranhos, como o famoso "tigelinha" e aqueles rabichos na nuca ou a sobra da testa - também chamados de pega rapaz (quem lembra?).

E ai, gente? Bom relembrar, né?
Semana que vem tem mais especial. Não vai perder, tá?
Beijocas

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Pra sair bem na foto

Em época de selfie e aplicativos de compartilhamento de fotos, todo mundo quer achar sua melhor pose, certo? Por esse motivo, unimos nesse post algumas dicas para te deixar ainda mais fotogênico
  • Observe suas fotos favoritas: Pra quem vive tirando fotos, é legal observar suas poses e reconhecer o melhor ângulo, a melhor forma de sorrir, as jogadas no cabelo ou o posicionamento do corpo.
  • Pra não piscar: feche os olhos um pouco antes da foto ser tirada e abra vagarosamente. Outra dica é piscar várias vezes antes do flash.
  • Nas fotos em grupo: Ninguém merece sair piscando ou falando. Por isso, evite falar ou se mexer nesse momento, mesmo que isso dure um tempinho. O maior erro das pessoas na hora das fotos em grupo é continuar conversando ou se arrumando no momento do flash. 
  • Os erros na maquiagem: É comum usarmos uma maquiagem mais marcada e forte para fotos em estúdio, já que a iluminação pode gerar aquele efeito "passei a cara na farinha". Mas acertar os tons de base e deixar a pele bem natural é fundamental para fotos amadoras, principalmente com o celular.
  • A luz natural: É sempre nossa amiga, principalmente nas selfies. Mas preste atenção no posicionamento do seu rosto para evitar que as sombras aumentem algumas partes, como o queixo e o nariz. As imperfeições também ficam mais visíveis à luz natural, por isso uma maquiagem leve pode ser interessante.
  • O cabelo solto: O frizz fica bem visível quando tiramos uma foto com flash. Por isso, o finalizador pode ser um bom investimento, já que concede brilho e deixa os fios no devido lugar.
  • Pele saudável: Saiu sem maquiagem, mas precisa fazer uma foto? Retire a oleosidade da pele com um lenço de papel, aperte as bochechas para que fiquem rosadas e morda levemente os lábios para que ganhem cor.
  • Afinando a silhueta: Posicione seu corpo e seu rosto em diagonal à câmera. Coloque uma perna na frente da outra, cruzando-as. Também vale colocar uma mão na cintura e deixar a outra na extensão do corpo. 
  • EVITE: tirar foto embaixo de uma lâmpada (prefira a luz que venha da frente ou da lateral) e tirar foto de baixo para cima (prefira fotos de cima para baixo, favorecendo o rosto).
Já utilizavam algumas dessas dicas?
Beijocas

terça-feira, 21 de julho de 2015

Decoração: cortinas

As cortinas são indispensáveis na casa, seja como decoração, como proteção contra o sol ou como privacidade. Mas além dessas funcionalidades, elas podem conduzir o tema do seu cômodo, sendo até uma peça descontraída. 

 Bastou uma pesquisa rápida no Pinterest para encontrar diversas ideias simples, mas criativas, para incluir as cortinas como itens de decoração. Dá uma olhada e segue as dicas:


Falando um pouquinho sobre a hora de escolher sua cortina, é preciso ter em mãos as medidas da sua janela, e já levar em consideração uma sobra de no mínimo 20 cm para cada lado, proporcionando o movimento no tecido. Os trilhos que funcionam com rodízios são pouco estéticos, e caso você não tenha o rebaixamento de gesso no teto que esconde os trilhos, prefira os varões de madeira ou revestidos, que funcionam com argolas.

O famoso black-out, responsável por escurecer os ambientes, deixaram de ser tão simples como eram no princípio. Agora já encontramos peças com estampas e cores diferenciadas, além de outros tecidos mais bonitos com a mesma funcionalidade.

Por fim, a primeira camada de cortina, que fica visível no ambiente, deve ser confeccionada em um tecido que combine com a decoração já escolhida. Normalmente é feita de um tecido mais leve, como uma renda simples ou um voil. 



O mais legal da decoração é que podemos personalizar nossos ambientes. Quem tem o dom do artesanato pode inventar novas combinações e utilizar materiais alternativos para confeccionar suas próprias cortinas. Mas quem não gosta muito de colocar a mão na massa, pode investir na praticidade das venezianas ou cortinas de rolo, que além de proteger do sol, conferem um ar minimalista e moderno. 


Gostaram das ideias, amores?
Beijocas

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Total black: 21 looks

Nada como um pretinho básico pra salvar os dias que não estamos inspiradas pra vestir, né? 


O preto volta a se consagrar no mundo fashion e é o queridinho das mulheres. Separamos 21 looks com combinações monocromáticas que são a cara do inverno para inspirá-las!
Confere aí...








E ai? Gostaram?
Beijocas

domingo, 19 de julho de 2015

Não sei andar de salto, e agora?

Os saltos altos estão entre os maiores símbolos da feminilidade hoje. Há quem use somente em ocasiões especiais e também aquelas que fazem dele seu melhor companheiro para o dia-a-dia. Mas para se equilibrar nas alturas é necessário um pouco de prática. E aí já ouvi (e vi) muitas meninas que tem dificuldade para usá-los, e assim nasceu esse post...


As dicas à seguir devem dar uma mãozinha pra quem ainda não tem muito jeito pro saltão, confere aí:
  • Comece com o salto médio: Assim como tudo na vida, devemos evoluir gradativamente. Então, se você não tem muita experiência, deve começar com os saltos baixos à médios, e conforme ganhar confiança e prática, passar para saltos maiores.
  • Treine em casa: Já fiz muito isso e posso garantir que ajuda. Essa dica vale também pra quem comprou um sapato novo e vai usar na sequência. Dê voltas pela casa com o sapato escolhido, passando por vários tipos de piso, tapetes e até escadas. Além do sapato fazer a forma do pé, você adquire confiança.
  • Os melhores saltos para quem está começando: O salto anabela é um clássico e super confortável, principalmente se tiver uma compensação na planta do pé. As flatforms foram tendência no verão (devem continuar no próximo) e seguem aquele salto plataforma bem comum nos anos 80, sendo confortável e fácil de usar. O salto quadrado é o mais indicado pela estabilidade, e pode ser usado tanto no dia-a-dia quanto em eventos noturnos. Por fim, o modelo meia pata é excelente para quem vai usar saltos mais altos. Além do conforto, diminuem o tamanho real do salto, facilitando as caminhadas.
Tipos de salto: anabela, flatform, quadrado e meia pata
  • Tamanho certo: Um detalhe fundamental é acertar o tamanho do calçado, já que um sapato apertado é tão desconfortável quanto um sapato grande. Caso precise de um ajuste no tamanho maior, use adesivos específicos vendidos em lojas do ramo. 
  • Desfilando: O caminhar é o ponto chave para mostrar que você domina o salto alto. Para isso, deixe as pernas bem esticadas e fechadas, os pés eretos, colocando um pé na frente do outro (sem exageros de passarela, claro!). A postura deve estar ereta, sem deixar a coluna curva, deixando os ombros bem abertos. Para subir e descer escadas, use os corrimões e apoie bem a planta dos pés. No caso de degraus pequenas, pise na diagonal. 
  • Visualize o caminho: É melhor caminhar vagarosamente e manter a elegância, ok? Visualize com antecedência o caminho que vai seguir, principalmente os terrenos, e prefira jogar o peso para a planta do pé, evitando o afundamento do salto.
  • Conhece o Stilleto Dance? O stiletto é uma modalidade de dança que vem fazendo cada vez mais sucesso, já que alia a música pop, o jazz e o hip hop sobre os saltos altos. Além da prática adquirida para andar nas alturas, é possível gastar muitas calorias e desenvolver toda a sua sensualidade.
Todo mundo aí ama salto alto?
Beijocas
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...