segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Cuidando de tecidos delicados

Falamos muito sobre tendências, peças, texturas e estampas para montar os looks mais bonitos. Mas depois que as peças de roupa já estão no seu armário, você sabe quais os cuidados que cada tecido precisa para se manter por mais tempo?
Reunimos os tecidos mais delicados nesse guia para que você possa usufruir o máximo das suas roupas, com tecidos bonitos e intactos sempre. 
Antes de começar, alertamos sobre a importância de observar os dados da etiqueta sobre como proceder na hora de lavar as peças. As vezes os tecidos passam por processos diferentes ou são confeccionados por mais de um tipo de fio, e por esse motivo, tem suas recomendações específicas de manutenção. Nesse post AQUI nós ajudamos a desvendar as informações das etiquetas.

  • SEDA: 
  • As sedas coloridas podem soltar tinta, por isso é importante fazer um teste antes. Molhe uma parte do tecido e deixe submerso em água por 5 minutos. Observe se a água usada mudou de cor. Caso tenha desbotado, coloque sal de cozinha na água, o que ajuda a preservar a cor. 
  • A seda normalmente é lavada com água fria e à mão para evitar que os fios sejam puxados. 
  • Este tecido deve secar naturalmente à sombra.
  • Cuidado com os acessórios, como colares, pulseiras e brincos que possam puxar fios da seda pelo atrito. O mesmo vale para o local onde for guardada a peça, evitando o contato com objetos pontiagudos que possam danificá-la. 
  • A seda costuma ser bastante lisa e escorregadia, por isso, opte por guardar as peças em cabides emborrachados ou de veludo, evitando que caiam. 
  • COURO:
  • A limpeza do couro normalmente é feita com um pano úmido e sabão neutro, sempre num processo delicado feito a mão (máquina, jamais!).
  • O couro deve ser seco à sombra, já que o sol pode desidratar e desbotar a peça.
  • Existem produtos específicos, como ceras, hidratantes e silicones, que evitam o ressecamento das peças feitas em couro. O ressecamento gera perda da elasticidade, podendo esfarelar o tecido. 
  • A melhor forma de guardá-lo é no cabide, em um local arejado, evitando que o mofo danifique a peça.
  • VELUDO:
  • É um dos tecidos mais difíceis de manter com os procedimentos caseiros. Por isso, indicamos que você leve suas peças em veludo para uma lavanderia de confiança, que deverá proceder com a lavagem à seco.
  • De qualquer forma, nunca coloque o tecido na máquina ou esfregue, ok?
  • Em dias ensolarados, coloque as peças em veludo no cabide, deixando-as ao vento
  • Evite guardá-lo dobrado, pois pode criar vincos, deixando a peça marcada.
  • Caso surjam as indesejáveis bolinhas no tecido, escove com lixas não abrasivas destinadas à este uso. 
  • LÃ:
  • Lave sempre à mão, com sabão neutro, esfregando delicadamente.
  • Evite colocá-las na máquina, já que os fios podem esticar, deixando a peça desestruturada. Além disso, misturá-la com outras peças podem deixar todas cheias de bolinhas.
  • Depois de lavar, evite torcer, não centrifugue e nem coloque na secadora. Elas devem ser secas horizontalmente, naqueles varais de chão. Isso evita que a peça aumente de tamanho, já que seca com as fibras esticadas. 
  • Guarde as peças dobradas em local ventilado.
  • RENDA:
  • A renda é mais um tecido que deveria ser lavado à seco em uma lavanderia especializada. Mas caso queira lavar em casa, use sabão neutro, à mão e não esfregue a peça com força.
  • Cuidado com objetivos pontiagudos, como brincos, pulseiras, aneis e colares, que podem puxar fios da renda.
  • Na hora de passar as peças, vire-as do lado avesso
  • Guarde as peças em cabide, cuidando para que outros itens não puxem fios da renda. 
Gostaram, amores? Espero que tenha sido útil, viu?
Beijocas

10 comentários:

  1. Post bem informativo, gostei!
    O couro eu acho até mais fácil, mas o pior de tudo é o sinteco, que não é couro né? A sua durabilidade é muito baixa, usando ele já causa danificações.

    Eu ando com muitas peças de veludo e realmente é todo esse processo =/ eu dobrava e não é o tratamento ideal.

    www.cantinhob.com

    ResponderExcluir
  2. Sabe que eu nunca dou atenção para as etiquetas.
    Na verdade eu até as corto quando incomoda! rsrs...
    Por isso de vez enquanto acontece uns acidentes com minhas roupas! rsrs...

    Mas dicas foram muito úteis mesmo!

    bjOO

    Blog Breshopping da Dany
    Facebook
    Instagram
    Twitter
    Google +

    ResponderExcluir
  3. Aprendi bastante coisa assim na faculdade de Moda, na matéria de tecnologia textil. São dicas incriveis.

    http://www.agindodiferente.com/

    ResponderExcluir
  4. Adorei as dicas!
    Só tenho roupa de renda (de tecidos delicados) e morro de medo de lavar hehehe
    beijinhos, Rê
    http://blogsonhosdeverao.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ótimas dicas.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  6. Ótimas dicas.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  7. Até favoritei a publicação porque eu sou um desastre com tecidos delicados haha
    Amei amei as dicas!
    Beijo

    Dicas para Todas

    ResponderExcluir
  8. Adorei as dicas :) super útil esse post!!!!
    Beijokas da Camila e Carol
    Vamos Papear 

    ResponderExcluir
  9. Não sabia como lavar seda e veludo achei as dicas o máximo.
    Vou até anotar aqui. rsrs
    Minha mãe que geralmente lava, mas ela não sabe lavar de tudo e é sempre bom essas dicas.
    Beijos!

    Blog Pam Lepletier / Organizando a prateleira, vem ver

    ResponderExcluir
  10. Gostei sim, querida, alguns destes cuidados já adoto há bastante tempo, principalmente com as roupas de lã e linha.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário com elogios, críticas, dúvidas e sugestões!
Sua opinião é muito importante para o Rendas e Paetês! :)
Agradecemos sua visita e volte sempre!

Como usar: maxi cardigan

Sobre peças de roupa que eu eu AMO: cardigan (ou cardigã, ambos são corretos) . Mas esse amor aumenta quando opto por maxi cardigans, que ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...