quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Cirugia Plástica - Silicone

O tempo vem e vai, e com ele, o padrão de beleza também acaba mudando. Quem se lembra que na antiguidade a obesidade era um sinal de beleza e riqueza, e nas obras de artes de grandes pintores, as mulheres apareciam com pouco seio e barriguinha saliente. Hoje o ideal de corpo bonito é bem diferente, e envolve principalmente um seio turbinado.


O primeiro passo é conversar com amigas que já passaram pela mesa de cirurgia para compartilhar experiências e estar certa da decisão a ser tomada. Busque pelos melhores cirurgiões, principalmente sob indicação de pessoas que foram bem sucedidas no processo.
 O primeiro contato com seu médico será para a tomada da decisão, indicação e esclarecimentos quanto a intervenção que você está prestes a fazer. Depois dos últimos detalhes acertados, você deverá apresentar uma bateria de exames atestando bom estado de saúde. Com eles, algumas recomendações serão dadas por pelos 2 semanas antes da cirurgia se efetivar.

Processo: Pode ocorrer por dois meios: abaixo da glândula e abaixo do músculo. No primeiro caso a prótese será colocada entre o tecido mamário e o músculo peitoral, gerando menos desconforto depois da operação. Já no caso da prótese abaixo do músculo, a técnica é mais sofisticada e deixa o aspecto mais natural, facilitando também o exame de mamografia. Nesse caso, a dor é mais intensa para a recuperação e pode ocorrer deslocamento caso o músculo seja muito forte.

O local da cicatriz também pode ser escolhido. Na axila é a principal escolhida por não deixar nenhuma marca no seio, porém, estudos afirmam que tal procedimento pode mascarar um câncer de mama. Já nos seios, a cicatriz pode ficar logo abaixo das mamas, um problema para quem gosta de usar biquíni e tem tendência a formação de quelóides. A cicatriz pode ser na aréola, quase imperceptível, porém, podendo ser uma complicação para futuras mães no processo de amamentação. Apesar das desvantagens de cada uma das ténicas, a maioria dos médicos afirma que elas podem ser contornadas quando a cirurgia for bem feita.

O tamanho ideal da prótese para você é o seu cirurgião que vai dizer. Uma série de quesitos são analisados para chegar a uma conclusão de tamanho ideal, até porque, o que fica bom para sua amiga pode não ser compatível com seu tipo corporal. No consultório são feitos testes como experimentar a prótese abaixo de um top ou usar um molde descartável com tamanhos diferentes. Tudo para garantir a satisfação.


 Um termo que você deve ter conhecimento é de contratura capsular. Essa é a reação do organismo à colocação da prótese, podendo gerar dor e desconforto devido a formação de uma cápsula fibrosa ao redor do implante. Em alguns casos pode ocorrer a deformação do seio, mas a incidência desse processo é cada vez menor devido a qualidade das próteses. Para quem desenvolveu o problema, a solução é substituir o implante.
Algumas pessoas saem da sala de cirugia com um dreno para a excreta de secreções que reduzem o risco de contratura capsular e acelerando o processo de cicatrização. Retira-se depois de dois dias (os quais não se pode tomar banho).

O pós cirúrgico é tranquilo se houverem alguns cuidados, como o repouso por 2 ou 3 dias, não mexer no curativo, voltar ao trabalho somente 7 dias depois, dormir de barriga para cima durante 14 dias, não dirigir, não elevar os braços, banho de sol só após três meses da cirurgia com esparadrapo branco em cima das cicatrizes e muito filtro solar. A exposição sem proteção só é permitida depois de um ano. Isso evita cicatrizes grossas e escuras. O resultado final aparece entre três e seis meses, quando os seios estão no devido lugar e com a consistência esperada.

Compartilhem dicas e experiências nos comentários! :)
beijinhos


6 comentários:

  1. Olá Amanda!!
    Tenho muita vontade m fazer, mas morro de medo de dar alguma coisa erro. rs Então, eu já prefiro ficar como esta... rs

    Beijos,

    www.noivadoedgar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Não tenho coragem.
    beijos

    http://espacop.blogspot.com.br

    https://www.facebook.com/blogespacop

    ResponderExcluir
  3. Post muito bom, cheio de informações super importantes:) Não tenho nenhuma coragem pra isso, Amanda;)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. tenho peito bem pequeninho mas já o aceitei, claro que gostaria de ter maior ficava mais bonito em algumas blusas mas cirugia não é uma opção

    ResponderExcluir
  5. Não teria coragem de colocar!!
    Bjos
    www.deliriofashionista.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Amanda
    Informações muito importantes você postou.
    Eu queria mesmo era reduzir um pouco os seios, não que os meus sejam grandes, mas gostaria que eles fossem bem menores.
    Beijo

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário com elogios, críticas, dúvidas e sugestões!
Sua opinião é muito importante para o Rendas e Paetês! :)
Agradecemos sua visita e volte sempre!

Liberdade aos cachos

2017 é definitivamente o ano do cabelo afro e cacheado! Depois da hegemonia dos cabelos lisos, pranchados, escovados e com progressiva, o...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...