domingo, 27 de maio de 2012

A marcha das vadias

A mobilização social que aconteceu nesse último sábado em 20 cidades do Brasil e do mundo, tem caráter feminista e busca divulgar a ideia de que o estupro e o abuso sexual não é culpa da vítima, e sim do estuprador. Isso tudo teve início no ano passado em Toronto-Canadá depois que um policial afirmou que uma das causas dos abusos sexuais é a vestimenta vulgar feminina, a forma de se vestir como "vadias".

A partir dessa causa, outras questões têm sido levantadas e divulgadas. 










O cenário mundial hoje possui a mulher como centro de diversos eventos de grande renome, o que faz motivar milhares de mulheres a valorizarem seu corpo, seu sexo e sua personalidade e protestarem a fim de demonstrar que não somos mais o sexo frágil há muito tempo. Acho o ato uma das mobilizações de maior impacto social, devido a exposição do nosso ser diante de uma sociedade tão padronizada! Quanto tiver a oportunidade de participar, com certeza estarei presente!

O que vocês acharam da dimensão que esse evento ganhou?
E seus ideias?

beijinhos.

4 comentários:

  1. Achei incrível isso. E está mais que certo, precisamos mudar isso!
    Bjs, Thá.
    http://consumisse.blogspot.com
    @thaharaujo

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde meninas,acho esse tipo de discussão de carater importantissimo!!!
    Ontem no Fantástico fiquei ainda mais aterrorizada com a covardia de seres humanos que mais parecem animais...Cadeia neles!!!!
    Bejuz bejuz
    Gi Almeida
    www.todas-amam.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Gostei do fato de se abordar algo de extrema importância aqui no blog, porém a maneira com que foi escrita faz parecer que o movimento é algo muito pequeno e centrado, quando na verdade tem-se inúmeras pautas e lutas. Outro ponto é que esse movimento não começou em 2011, o movimento feminista vem de muitos anos e possui diversas ondas diferentes. O feminismo possui diversos vieses, temos a luta feminista sobre a cultura do estupro, a sexualização das mulheres, o direito ao nosso corpo, a legalização do aborto, a luta LGBTTT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgênero), o direito ao nome social, a despatologização do gênero, criminalização da homofobia, direitos para os negrxs, antiproibicionismo com uma luta feminista. Enfim, tudo isso e muito mais faz parte da nossa luta diária. da nossa Marcha das Vadias que não acontece apenas uma vez por ano, mas sempre!
    Fica aqui a dica para futuros posts que abordem de uma maneira mais ampla todos esses pontos de uma maneira esclarecedora.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário com elogios, críticas, dúvidas e sugestões!
Sua opinião é muito importante para o Rendas e Paetês! :)
Agradecemos sua visita e volte sempre!

Liberdade aos cachos

2017 é definitivamente o ano do cabelo afro e cacheado! Depois da hegemonia dos cabelos lisos, pranchados, escovados e com progressiva, o...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...