quinta-feira, 8 de março de 2012

Dia internacional da Mulher!

"Quando chegar aos 30
serei uma mulher de verdade
nem Amélia, nem ninguém
um belo futuro pela frente
e um pouco mais de calma talvez...
e quando chegar aos 50
serei livre, linda e forte
terei gente boa ao lado
saberei um pouco mais do amor
e da vida quem sabe...
e quando chegar aos 90
já sem força, sem futuro, sem idade
vou fazer uma festa de prazer
convidar todos que amei
registrar tudo que sei
e morrer de saudade."
Martha Medeiros

E você que achava que seriamos só mais algumas pra somar na sociedade, no número de habitantes, no número de empregados, no número de minorias...
Devia ser santificada a mulher que planejou a greve de uma indústria têxtil em 1857, repudiando condições em que eram tratadas, as 16 horas seguidas de trabalho árduo, os salários que chegavam a 1/3 do que os homens recebiam. Claro que foram massacradas, trancadas na fábrica que por fim foi incendiada. Aproximadamente 130 maravilhosas mulheres tiveram seus corpos carbonizados pelo simples ato de lutar para conquistar um direito.
Mas foi lá em 1910 que o dia 08 de março ficou estabelecido o dia Internacional da Mulher, em uma conferência na Dinamarca, justamente em homenagem as mulheres que morreram 53 anos antes.
A homenagem é tão digna que o dia não chega a ser comemorativo. O dia da mulher é reflexivo, para-se para analisar tamanha importância a mulher conquista diariamente em todos os campos que atua. Feliz do homem que souber valorizar cada palavra, cada atitude e cada conquista que a mulher que o acompanha, ou a mulher que o teve. Porque mãe, ao menos mãe, todo mundo tem!

E se começarmos a dissertar sobre as culturas em que a mulher está inserida?
Na Tailândia, as mulheres-girafa, como são conhecidas, usam uma aneis de cobre no pescoço desde meninas. A tradição é de uma tribo local em que se acredita que mulheres com pescoço longo são mais bonitas, além de serem atração turísitica para os visitantes. Passando pelo Islam, em que as mulheres devem cobrir seus corpos. Na cultura deles, o homem deve proteger a mulher e mantê-la financeiramente, o que é uma subordinação aos olhos dos capitalistas. Sem contar que a poligamia é permitida. Nunca me esqueço de uma reportagem que vi sobre as mulheres do pé pequeno. Pés são uma parte do corpo que motivam atração física, mas o caso é tão extremo em países orientais que na própria China a redução dos pés vinha desde crianças, quando quebravam-lhe os dedos e enfaixavam com tiras de seda para que atrofiassem. Tudo isso só me leva a crer que somos de fato, as portadoras da sensualidade e fazemos tudo para manter esse título orgulhosamente. Devemos citar também as gueixas, essas belíssimas mulheres do oriente que dominam a cultura das artes, estudando a tradição milenar da sedução, dança e canto. Os tempos mudam tanto que no passado, as famílias vendiam suas filhas para um Oki-ya, uma casa destinada ao aprendizado para tornarem-se gueixas, normalmente elas possuiam uma beleza rara e eram inteligente. A imagem ficou deturpada a partir da Segunda Guerra, quando algumas tornaram-se prostitutas. Hoje você pode ingressar no Oki-ya por vontade própria, mas não é bem vista pela sociedade.

E se falarmos de tabus? Temos tanto com outras pessoas, quando com nós mesmas.
Mulheres tatuadas começaram a ganhar reconhecimento agora, e nem são aceitas pela sociedade por completo, volta e meia ouvimos uma crítica, um pré-conceito, e tudo em pleno século XXI, mas a fé continua de que um dia isso vai mudar. O mesmo podemos dizer para piercings, modificações no corpo, cirurgias estéticas e tudo mais... O que queremos é sempre ficar mais bonitas. Bonitas pra nós, bonitas pra eles e, principalmente, bonitas pra elas!
Mas no fundo todas nós sentimos um medo de envelhecer, da gravidade chegar, do bumbum não aguentar. E por isso nos matamos em academias, spas, clínicas estéticas, cremes milagrosos e remédios. Cuidamos da nossa saúde como ninguém, e cuidamos da saúde do marido, dos filhos, dos pais, dos amigos. Quando a idade avança, procuramos encontrar cada vez mais momentos bons para compartilhar com os entes queridos. Fazemos coisas que sempre tivemos vontade,  contamos para nossos netos nossas aventuras do passado. E cozinhamos com ninguém (comida de vó, tem algo melhor? Pois é, não!)
Uma das faces da mulher que eu não poderia deixar de citar são as bailarinas. Nada representa mais a nossa delicadeza, romantismo e poder de trabalhar o corpo. É claro que dividimos palco com homens bailarinos, mas eles são nossos pedestais para voos mais altos em cena, e quem ganha o crédito somos nós pelos movimentos sincronizados e expressão artística.

E são épocas e épocas que elas vêm construíndo história.
Desde os clássicos da música, estar à frente do seu tempo, conquistar multidões por sua voz consagrada e ímpar. Não consigo deixar de citar Janis Joplin, irreverente, imortal... Consumou o movimento hippie pelo mundo e até hoje é símbolo desse modo de pensar avançado, o da paz!
E falando em poder, tantos foram os reinos que marcaram o mundo que é impossível não lembrar das pessoas que foram humilhadas pelos soberanos. É mais recente que elas tomaram esse poder também. E não só em reinos, mas em países, estados e cidades. De um jeito feminino de comandar uma nação, até Maquiável em sua obra O Príncipe ficaria sem palavras. Dizem que as mulheres são mais amáveis e conseguem coordenar mais ações simultâneamente, o que traria benefícios para quem está no comando, certo?
E as divas do cinema? ´De 'sex simbol' e musas inspiradoras as telonas ficaram cheias, repletas de beldades consagradas que lembramos até hoje. Desde o cinema mudo, estampando cartazes, atuando em histórias românticas, sendo protagonistas de histórias reais de dor, preconceito, sucesso, pioneirismo. Como é bom tê-las em nossa lista.

Estava doida pra poder falar da maternidade. Que sentimento bonito e que só nós mulheres podemos ter. Gerar um ser que terá ligações eternas conosco, proteger, dar amor, carinho, futuro. Mãe é coisa tão única que nem rima possui. Nem as fortes dores do parto podem diminuir tamanha dádiva é conceber um filho. E nós, como filhas, adoramos ser mimadas por elas, poder deitar no seu colo, chorar as mágoas e receber os melhores e mais sinceros conselhos. Porque ninguém no mundo pode nos entender tão bem quanto elas, e é um sentimento infinito que nenhuma briga, desentendimento ou pontos de vista diferentes pode mudar.

E os nossos gostos tão diferentes entre si!?
Algumas que gostam de rock, de reggae, de samba, de pop, de sertanejo. Cada qual no seu cada qual mas todas semelhantes entre si. Algumas que defendem com unhas e dentes certas doutrinas, expõe sua visão para o mundo e são reconhecidas por isso, são revolucionárias, são diferentes, são esquisitas, mas nunca esquecidas. As ladys, senhoritas, senhoras, donas de uma etiqueta inigualável, tão donas de si, tão a frente do mundo, mas ao mesmo tempo, tão parecidas com as meras mortais. Porque todas sangram todo mês, sentem cólicas, usam salto alto, se depilam... Nossa essência é a mesma, nossa aparência é que muda.
E o sonho do casamento? que coisa mais feminina. Um vestido branco, na igreja, de véu e grinalda, com o cara dos sonhos que ela conheceu na infância, o príncipe encantado que habita os castelos. Nem sempre a história é bonita como nas novelas, em que no fim dá tudo certo e todos aplaudem, mas rende uma experiência e tanto na vida da mulher. É mais uma etapa vencida no nosso plano de vida, a formação da família, a sua vez de recriar o meio em que foi criada.

E elas tão pioneiras no mundo da moda, seguras de sua mão única para criar peças às suas semelhantes. Fashionistas, são 90% das primeiras-filas de desfiles, as primeiras a esperar lançamentos de coleções, investir  em peças únicas, sob-medida quando necessário, teletransportar-se para outro mundo quando ouvem a palavra "Liquidação", é música aos nossos ouvidos, principalmente quando acompanhados de um "10x sem juros". Como é bom ser mulher... mesmo com todos os dilemas em frente ao guarda-roupa, quanto mais coisas se tem, menos ideias para looks se cria. E sapatos!? que perdição. Encontre uma que não ame uma loja de calçados, seja para comprar um tênis de R$600 ou um Louboutin do solado vermelho.
Parece generalizado quando falamos de consumir, consumir, consumir, mas alguns lugares do mundo dispensam completamente a prática do consumismo. Vive-se do necessário, da família, da paz, da união. E nem por isso, elas, as mulheres da família, deixam de ser mulheres por isso. O significado da palavra mulher é tão amplo que atinge todos os cantinhos do universo sem desmerecer ninguém.

E aquela que te educou? Quando você tinha 2, 3 anos talvez e já fosse para a creche todo dia, a "tia", "babá", a "tata" que cuidou de ti, quantas coisas você deveria não por na boca porque era sujeira, quantas palavras aprendeu a resmungar, com quem aprendeu a andar... Sua professora do primário? você aprendeu a escrever, ler e contar com ela. Mas só depois de uns anos percebeu que elas, como professoras, vão passar a vida ao seu lado te fazendo aprender mais e mais.

Quis terminar o post falando da ditadura da magreza, os conceitos sobre as plus size, as curvas avantajadas, as cheinhas, as gordurinhas (me diga.. que avião não tem um pneuzinho?) Por questões saudáveis devemos sim manter nosso corpo em forma, mas não podemos virar escravas dele e de todos os produtos emagrecedores que querem nos ver infelizes com osso à mostra.

E é toda essa miscigenação que promove o dia mais bonito do ano. Embora todos os dias sejam dias para se 'ser mulher', no dia 08 de março nós recebemos mais elogios, mais abraços, mais beijos, mais felicitações.

Termino dizendo que a indústria cosmética jamais nos abandone, que cada dia mais cores de esmaltes surjam, que as peças de roupas sejam lindas e para todos os tamanhos, que os depiladores venham com anestésico, que os sapatos sejam confortáveis e tenham 15 cm de salto, que sempre haja um absorvente em sua bolsa, que nossas maquiagens fiquem sempre perfeitas, que nossos perfumes sejam eternos, que as comidas deliciosas tenham cada vez menos calorias, que a gravidade não faça nosso bumbum despencar, que os seios permaneçam firmes e no lugar, que haja silicone de qualidade e cirurgiões confiáveis para aquelas que não receberam tanta comissão de frente, que os amores sejam verdadeiros e tomem conta no nosso dia para nos jogarmos de cabeça com motivação e dedicação, que os homens sejam compreensivos, que eles nos adorem do jeito que somos, que vejam que não somos tão complicadas assim, que apareçam cada vez mais colírios aos nossos olhos, que exercícios físicos sejam indolores e viciantes, que o chocolate nunca acabe, que os livros continuem contando nossas histórias de vida, que sempre hajam motivos que nos façam continuar, mudar quando necessário, partilhar de um tempo com aqueles que gostamos, guardarmos um pouquinho de cada uma das nossas fases em nosso coração, que nunca seja suficiente o nosso conhecimento e cada vez mais busquemos por ele, que mergulhemos em águas profundas em busca da experiências, e que se estas forem ruins, que nos sirva de lição, que tenhamos cada vez mais carinho para compartilhar com nossos familiares, mais vontade, mais sonhos, mais dinheiro, mais conquistas, mais serenidade, mais inspiração, mais palavras a serem ditas, mais sentimentos a serem sentidos, mais tempo para aproveitar, mais vida para viver!

Um beijo no coração de cada uma de vocês, leitoras, seguidoras, admiradoras, blogueiras, parceiras e afins!
Feliz dia da mulher :)


Para relembrar o post da data no ano passado, clique aqui.

9 comentários:

  1. Eu adorei as fotos que você escolheu. Mostra bem o constraste de estilos e de mulheres diferentes! :)
    Obrigada pela visitinha no meu blog, já estou seguindo o seu. Beijos, beijos.

    http://deargirlsupdated.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Amanda,

    O post ficou fantastico, muito completo e rico de muitas informações...

    Feliz dia!!!

    Bjs linda!

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post!
    Feliz dia das mulheres pra nós!

    http://www.divasdivat.com/

    ResponderExcluir
  4. Que lindo *.* o post!

    Parabéns! Feliz dia das mulheres para todas nós! o/

    Super beijos!

    http://tatystyle.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Que lindo a sua homenagem. parabéns para vcs mulheres fortes, vcs merecem tda essas homenagens :)

    adorei teu blog, já estou seguindo...

    da uma passadinha no meu?

    >> http://estilo4u.blogspot.com/

    bjus

    ResponderExcluir
  6. Adorei a homenagem, lindo post!!!
    Um ótimo fim de semana pra vc
    Bjos
    http://deliriofashionista.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Parabéns para nós. Afinal, todo dia é nosso dia!
    Bjs, Thá.
    http://consumisse.blogspot.com
    @thaharaujo

    ResponderExcluir
  8. Que homenagem linda!
    Beijos

    www.decaronanamoda.com

    ResponderExcluir
  9. Olá, boa tarde.
    tudo bom?

    O Of The Moda esteve no coquetel de lançamento do Inverno 2012 da My Place. Aproveitamos e separamos algumas peças que você tem que ter para arrasar na próxima estação. Confira tudo em www.ofthemoda.com.

    1 abraço
    @ofthemoda

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário com elogios, críticas, dúvidas e sugestões!
Sua opinião é muito importante para o Rendas e Paetês! :)
Agradecemos sua visita e volte sempre!

Bolsa de palha

Nada de Louis Vuitton ou Chanel. A bolsa que você vai desejar nesse verão é outra! Diga oi para a queridinha desse verão: a bolsa de pal...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...