quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Resumão SPFW

Hoje, aniversário da cidade de São Paulo, nada melhor que um pouco de moda pra relembrar tudo que ornou as passarelas da cidade da garoa na ultima semana.

O São Paulo Fashion Week - Inverno 2012 reuniu famosos e fashionistas nos 6 dias de evento, e com muita classe e exuberância trouxe as principais coleções das grifes que adoramos.
Animale: Com a presença notória de Rosie Huntington-Whiteley, que ganhou fama após "Transformers 3", a marca veio abriu o SPFW- Inverno 2012 repleta de cortes elegantes. Na palheta de cores, verde, vinho, vermelho, preto e branco foram predominantes. Muitas texturas e detalhes em silhuetas bem femininas.
Tufi Duek: A inspiração foi astronômica, voltada ao brilho das estrelas. O jogo de tecidos e recortes faz com que as mulheres pareçam mais altas e magras (quem não adora?).
Cori: A marca buscou transmitir as sensações de uma mulher cotidiana que gosta de se sentir bem vestida e feminina. Com uma pegada de montaria, o couro e a alfaiataria foram destaque no desfile. Dentre as cores, os sombrios marrons, pretos e cinzas.
Osklen: Já falamos várias vezes por aqui que sustentabilidade e ecologia são assuntos também no mundo da moda. A Osklen quis retratar tudo isso, prevendo um futuro cinzento e apocalíptico. Para isso, levou a passarela a estampa de camuflagem, coletes, peles, mochilas, e a sensação de proteção. Lançou o azul e o laranja como as cores da estação.
---------------------------------------------------------------------------------------

Pedro Lourenço: filho da designer Gloria Coelho, o estilista apresentou uma coleção inspirada no Chile, baseado no deserto do Atacama e nas montanhas da Patagônia. Trabalhos com couro, náilon e lã nas cores mais claras e neutras.
R. Rosner: Vestidos de festa tomaram conta da passarela, todos muito detalhados, com muito brilho e sofisticação. A cor base é o preto, mas houve espaço para amarelo, champagne e uva. Tecidos nobres como tule, tafetá, seda e organza ornaram a coleção que foi inspirada num livro com imagens de mariposas.
Alexandre Herchcovitch (Feminino): Mostarda, ferrugem, dourado e bordô. Essas foram as cores que tingiram os moldes de alfaitaria que criaram casacos e tailleurs. Presença também do xadrez e renda.
Iódice: A inspiração veio de Gianne Versace em seu livro 'Rockland Royalty', com muita sensualidade e rock. Muitos decotes, fendas e assimetrias foram combinados com tecidos brilhantes e transparentes.
Triton: O retrô urbano esteve presente numa coleção com muitas cores e detalhes. A pegada masculina no guarda-roupa feminino se mantém como forte tendência, contextualizado com casacos colegiais e blazers. O estilo esporte foi adornado com vidrilhos.
---------------------------------------------------------------------------------------


Reinaldo Lourenço: Em referências a Catedral de Notre Dame, o obscuro e gótico foi retrado em tecidos nobres e com muitos bordados. Na palheta de cores, o preto foi predominante, adornado com detalhes em tons vibrantes.
Ellus: Ao som de violinos, os países nórdicos serviram como base para a Ellus que levou para o desfile o brilho, o couro, a lã, tudo em muitos trench coats, casacos e blazeres. O color denim também veio para o jeans, inclusive no closet masculino.
Mario Queiroz: Com muita alfaiataria, os casacos foram apresentados em todos os comprimentos. Para quem gosta de bordados, a base foi o clima art deco aliado a camisaria.
Huis Clos: No minimalismo, os tecidos apresentados contaram com veludo, renda e lã. Novamente, o volume nos ombros apareceu, juntamente com a lingerie. Merece destaque os vestidos de veludo cristal com cinturas ajustadas.
Samuel Cirnansck: O trabalho artesanal feito nos maravilhsos vestidos (foram somente 20 peças apresentadas) impressiona qualquer um. Tecidos nobres são navalhados e desfiados para criar texturas, e quando tudo isso se une, formam maravilhosos vestidos de noite com diversos detalhes em bordados e pedrarias. Trabalhos em ouro envelhecido, preto e nude. (Um dos meus preferidos)
---------------------------------------------------------------------------------------


Cavalera: Intitulando-se por 'Cowboys Urbanos', o auge da estação parece ser mesmo a alfaiataria, mesmo com a pegada mais esportiva da marca. Nas cores, o preto, caqui, vermelho, azxul e verde, criaram jaquetas e casacos curtos com golas desconstruídas. Bem urbano e utilizável.
Jefferson Kulig: O ponto forte foram os apliques de folhas recortadas, tudo remetendo à jardins high tech. O interessante é a mistura de materiais bem diferenciados para criar as peças.
FH por Fause Haten: Inspirado no Hawaí, o desfile trouxe várias hibiscus e colares havaianos estilizados. Essa base também foi possível de se visualizar na palheta de cores e nos drapeados dos tecidos mais elaborados.
Juliana Jabour: Baseado no filme "Viagem a Darjeeling", o desfile exaltou especiarias, no melhor estilo indiano. Alfaiatarias, vestidos e casacos foram contextualizados, também com brilho. O tricô veio pontos manuais, juntamente com looks monocromáticos.
Colcci:  Com Ashton Kutcher na primeira fila e Alessandra Ambrósio gravidíssima na passarela, a Colcci veio com seu tradicional denim, e jeanswear bem urbano. O couro e o tricô foram boas apostas, principalmente nas cores azul, verde, oliva, amarelos e  tons terrosos.
---------------------------------------------------------------------------------------


Glória Coelho: Neutrinos e vulcões foram representados por veludos, couros e transparências. Cores vibrantes e recortes valorizam o corpo em tons terrosos, vermelhos, laranja e rosa.
Maria Bonita: A masculinidade passou a ornar o guarda-roupa feminino, tudo isso com texturas e tons de verde, marrom, ocre e musgo. Feltro, rendas e paetês ajudaram a compôr os looks.
Raquel Davidowicz: Um dos desfiles mais interessantes da semana de moda, sob o título de UMA, levou mulheres de todas as idades a passarela vestindo roupas minimalistas, com muito preto, vinho e vermelhos. O  toque ficou na dica de que "o sportwear é atemporal"
João Pimenta: O tom sombrio voltou a soar nas passarelas, com muitas calças, paletós e coletes. Detalhes vindos do século XIX trouxeram golas, saias e bainhas. Atenção ao azul e preto trabalhados no couro e lapelas de paletó.
Lino Villaventura: Com inspiração em Francis Bacon, a coleção veio repleta de drama, traduzidos em tecidos bordados, brilhos e volumes. O estilo rainha foi a marca registrada.
--------------------------------------------------------------------------------------



Neon: Como de costume, o desfile exuberante da marca quebrou as esperanças de um inverno frio e sombrio. As cores, formas, volumes e estampas dão alegria para a estação. 
Fernanda Yamamoto: Baseada no renascentismo, o tecido jacquard ganhou a passarela com estampas diferentes e geometria. Nas cores, laranjas e ocres, acompanhados de ouro e azul-marinho.
Alexandre Herchcovitch (Masculino): Inspirações em rabinos ortodoxos, mais uma vez o drama aparece, mas agora em cores claras. Alfaiataria e muitos casacos, e até mesmo a estampa da estrela de Davi, tudo isso ornado com uma bonita silhueta para as calças.
Amapô: Rabiscos, esboços e artes plásticas. Eis a inspiração para um coleção cheia de tiras e transparências ousadas. Na linhagem masculina, jeans, paletós e retrô também trabalhado na matéria bruta. Branco, azul, preto e multicolorido para completar.
André Lima: Encerrando chave de ouro o SPFW, André Lima apresentou um desfile que merece nossa atenção. Mix de tecidos e texturas criaram pantalonas, vestidos, saias... tudo com muitos babados, recortes, dobras e tramas. As cores utilizadas foram o amarelo,  ocre, mostarda, dourado, preto e terra.
---------------------------------------------------------------------------------------


Preferi disparadamente o SPFW ao Fashion Rio... desfiles exuberantes e tendências novas que enfeitarão nossos closets no inverno.
Em breve aquele post que vai direto ao ponto sobre o que é tendência e como utilizá-las quando chega a nossa vez de criar nossas próprias coleções!
beijinhos

9 comentários:

  1. mtaaaa coisa legal =)
    beijo ;*

    http://lorena-flor.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Ei Amanda
    Você é super antenada com o mundo fashion, já deu pra perceber.
    Vai seguir uma carreira nesta área?
    Bjim e boa noite.

    ResponderExcluir
  3. Que blog lindo e cheio de dicas. Estou te seguindo e colocando entre os meus favoritos.

    Te convido para visitar meu espaço, se gostar me segui.

    Beijos.

    www.novamodaemdestaque.com

    ResponderExcluir
  4. O SPFW foi muuuito bom. Fiquei apaixonada por inúmeras coleções, eram uma mais bela que a outra. Dentre todas, as minhas preferidas foram a da Huis Clos, André Lima, FH por Fause Haten, Juliana Jabour entre outras.
    Adorei o seu resumão.

    Fashion World Feminino | Fan Page | Twitter

    Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  5. Teve tanta coisa linda, que fica dificil! Eu adorei o desfile da Gloria Coelho!
    Bjs, Thá.
    http://consumisse.blogspot.com
    @thaharaujo

    ResponderExcluir
  6. Amanda,

    Sempre é bom estar de olho nas tred aprensentadas...
    O post ficou perfeito...

    Bjs linda!

    ResponderExcluir
  7. SPFW é tudo de bom! Mas a minha grife preferida desse ano foi a Cavalera, muito linda com estilo faroeste, anos50 e pin-ups...Amei também Maria Bonita, tinha cada look lindo!

    P.S. Post muito bem escrito, Parabéns!

    http://tatystyle.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. um look mais lindo que o outro
    um glamour total

    http://www.metirademim.com

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário com elogios, críticas, dúvidas e sugestões!
Sua opinião é muito importante para o Rendas e Paetês! :)
Agradecemos sua visita e volte sempre!

Bolsa de palha

Nada de Louis Vuitton ou Chanel. A bolsa que você vai desejar nesse verão é outra! Diga oi para a queridinha desse verão: a bolsa de pal...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...